Exercício Físico

caminhada

Benefícios da caminhada

A caminhada é o exercício ideal para quem está querendo começar a se exercitar. É um exercício que faz muito em à saúde, a mente e a estética. E também é muito simples, pois não exige equipamentos, roupas especiais ou locais específicos.

Basta colocar uma roupa confortável, um tênis adequado para não causar lesões, e ir pra rua. É indicado para qualquer tipo de pessoa, adultos, jovens, idosos, portadores de doenças cardíacas e metabólicas, como diabetes, colesterol, osteoporose, obesidade, entre outras.

E também faz muito bem a mente, auxiliando no tratamento de distúrbios psicológicos como depressão.

Caminhar ou correr 30 minutos, três vezes por semana é o ideal.

Se você pretende começar, vá sempre devagar para que se corpo acostume, caminhando por 20 minutos, três vezes por semana, e faça um alongamento simples, principalmente dos membros superiores e inferiores, antes e depois da caminhada. Não pratique exercícios em jejum e beba água antes, durante e depois da prática. E evite andar e parar, como se estivesse passeando. Mantenha o ritmo.

Quando sentir que já se acostumou com aquele ritmo, vá um pouco além para que seus músculos e metabolismo não se acostumem, e assim os resultados ficarão cada vez melhor.

ginastica

VOCÊ SABIA – Exercício físico melhora e protege a função cerebral.

Equipe multidisciplinar sugerem que você pode reduzir o risco de demências simplesmente por exercitar com mais frequência.

A atividade física mantém o sangue fluindo e aumenta o consumo de oxigênio, o que ajuda em uma melhor função cerebral. Outro benefício importante é um risco reduzido de ataque cardíaco, derrame e diabetes.

E nos período de calor e baixa umidade, procure hidratar-se e evitar os horários de sol forte.

exercicio-fisico1

Ele melhora e protege a função cerebral. Equipe multidisciplinar sugerem que você pode reduzir o risco de demências simplesmente por exercitar com mais frequência.

 
A atividade física mantém o sangue fluindo e aumenta o consumo de oxigênio, o que ajuda em uma melhor função cerebral. Outro benefício importante é um risco reduzido de ataque cardíaco, derrame e diabetes.

suco-de-beterraba

Suco de beterraba aumenta a força muscular e combate a hipertensão

O consumo da bebida proporciona maiores níveis de óxido nítrico (ON), o que aumenta o fluxo sanguíneo para os músculos e diminui a pressão arterial sistêmica

A beterraba possui inúmeros benefícios para a nossa saúde, ela surpreendeu o mundo ao descobrir que uma de suas proteínas, a hemoglobina vegetal, poderia substituir o sangue humano. Essa pesquisa sueca trouxe grande esperança para que, em um futuro próximo, possamos usar o “sangue vegetal“ em transfusões sanguíneas.

O Óxido Nítrico (ON) é uma importante molécula presente nas células do nosso corpo. Ele é produzido pelo próprio organismo a partir da oxidação do aminoácido L-arginina. De fato, o organismo é capaz de sintetizar sozinho o ON quando não existem deficiência nutricional de aminoácidos.

Além da produção endógena é possível também aumentar os níveis de ON através do consumo do suco de beterraba ou suplementação com o nitrato. Quando bebemos o suco de beterraba, por exemplo, absorvemos inicialmente o nitrato pela mucosa da boca e pelo estômago. Ele então é carregado até os músculos onde é estocado na forma inativa de nitrito.

Mas o que é e para que serve o Nitrato?

O Nitrato é um ânion inorgânico que pode ser obtido na dieta através do consumo de vegetais como o espinafre, o alface, a rúcula e, principalmente, a beterraba. Uma das funções fundamentais do Nitrato presente na beterraba é aumentar os níveis de ON nas células do organismo. O ON por sua vez é o responsável pela vaso-dilatação dos vasos sanguíneos o que aumenta o fluxo sanguíneo para os músculos e diminui a pressão arterial sistêmica o que facilita o trabalho do nosso coração. Mas o Nitrato tem se mostrado ser muito mais do que isso, estudo recente publicado no Journal do American College of Sports Medicine mostra que, além de aumentar o fluxo de sangue nos músculos, o consumo do suco de beterraba pode aumentar isoladamente o poder de contração dos músculos.

Como o consumo do suco de beterraba pode aumentar a força dos músculos?

Durante o exercício físico ocorre um aumento de fluxo sanguíneo pelos músculos, isso acontece para que os nutrientes (oxigênio e glicose) cheguem rapidamente aos miócitos (células musculares). Além disso, a formação de energia (ATP) pelos miócitos faz com que a produção de gás carbônico (CO2) aumente consideravelmente nos músculos levando a consequente diminuição do PH, ou seja, as células musculares ficam mais ácidas. Essa acidez estimula a conversão Nitrito -> Nitrato -> ON que atua diretamente nos capilares sanguíneos musculares fazendo vaso-dilatação, o que aumenta o aporte de oxigênio e de glicose para os miócitos. Além desse efeito o ON comprovadamente atua diretamente nos miócitos aumentando o influxo de cálcio e a ação mitocondrial, ou seja, ocorre maior produção da ATP e a eficiência muscular é maior.

Beber suco de beterraba então aumenta a performance esportiva?

A maioria dos suplementos alimentares para o pré-treino são feitos à base de vasodilatadores arteriais sendo o mesmo ou similar mecanismo pelo qual atua o nitrato do suco de beterraba. Será então que tomar suco de beterraba ajuda no treino? Sim, o estudo de Bailey et al (2009) mostra uma melhora significativa no VO2 máximo (consumo máximo de oxigênio) de ciclistas amadores em até 10%. No entanto, esse benefício não foi observado em ciclistas profissionais como mostra os estudo de Bescos et al (2011). Mas, um estudo grande recente de Wylie et al(2013) mostrou que com a suplementação de nitrato houve um aumento da tolerância ao esforço de até 25% em ciclistas e maratonistas, amadores e profissionais, além de um aumento no VO2 de pelo menos 3%.

Por que o suco de beterraba é bom para o coração e como ele combate a hipertensão?

A hipertensão arterial é uma das doenças mais prevalentes do mundo e extremamente silenciosa. Seu tratamento se baseia em uma série de medicações e, principalmente, na mudança dos hábitos de vida com exercícios físicos e uma dieta equilibrada. De fato, mudar o estilo de vida pode diminuir a necessidade de medicamentos e até fazer com que a doença regrida. Um estudo muito recente deKapil et al (2015) mostrou o incrível resultado de que o consumo de apenas um copo de 250ml de suco ou uma sopa de beterraba por dia diminui muito a pressão sistólica e diastólica de pacientes hipertensos devido a vaso-dilatação periférica. Um dos grandes problemas a hipertensão arterial é a sobrecarga cardíaca, nos pacientes não tratados as conseqüências podem ser terríveis cursando com quadros de insuficiência cardíaca e infarto agudo do miocárdio. Não há dúvidas de que o consumo do suco de beterraba diminui a pressão arterial o que facilita o trabalho do coração seja em hipertensos ou pessoas saudáveis.

Então afinal quanto eu devo tomar o suco de beterraba para ter esses benefícios?
O recomendado pelo American Heart Association para hipertensos é o consumo de 250ml de suco ou sopa de beterraba por dia. Para atletas a ingestão de 250ml do suco no pré-treino, 30 minutos antes, é capaz de aumentar a força de contração muscular e o consumo de oxigênio como mostram os estudos. O importante é ter equilíbrio na alimentação, não apenas o suco de beterraba mas outros vegetais podem gerar os mesmos benefícios como o espinafre, o alface e a rúcula. Agora a escolha é com você!

Fonte: Eu Atleta

 

PADRÃO-POST-NUTRYMAX

Nem sim e nem não. Segundo uma pesquisa da Universidade da Flórida, nos Estados Unidos, nenhum dos apps gratuitos testados cumpre por inteiro as diretrizes do Colégio Americano de Medicina do Esporte.

Eles não reúnem as informações sobre como começar a se exercitar e outras questões de segurança, diz a médica Heather Vicent, autora da análise. Também não trazem todos os componentes do treino, que deve envolver atividades aeróbicas, de resistência e de flexibilidade, completa.

Na contramão, certos aplicativos desenvolvem bem pontos específicos (como ensinar o usuário a fazer abdominais).

Em resumo: eles não substituem os educadores físicos, mas podem auxiliá-los na tarefa de combater o sedentarismo.

nutrymax

É (BEM) PERIGOSO SER UM FALSO MAGRO

Pessoas com barriga saltada, mesmo com o peso adequado, correm um riso maior de morrer – inclusive em comparação com obesos que apresentam uma boa distribuição de gordura

O alerta vem de pesquisadores da Clínica Mayao, nos Estados Unidos. Após analisar dados de 15.184 americanos, eles perceberam que indivíduos considerados em forma segundo o famoso cálculo do índice de massa corporal (IMC) não necessariamente saudáveis. Se eles exibem uma pança avantajada, chegam a manifestar um risco até duas vezes maior de morrer por diversas causas do que gente com sobrepeso ou obesa que tem suas gordurinhas bel alocadas. Uma hipótese: a concentração de banha no fundo do abdômen é especialmente danosa. “Ela pode levar a alterações como resistência à insulina e aumento de pressão”, explica a cardiologista brasileira Thaís Coutinho, coautora do estudo. Para ela, já passou da hora de os médicos irem além da simples medidas do IMC. Lançar mão da fita métrica para conferir a cintura faz direrença na prevenção de doenças.

Índice de Massa Corporal: O IMC, por considerar onde se concentra a gordura, só deve ser usado como medida complementar. Calcule-o dividindo seu peso (kg) pela altura ao quadrado (em metros). O ideal é estar entre 20 e 25. Ficar acima desse patamar sugere sobrepeso.

Relação Cintura/Quadril: Essa conta é mais confiável – embora não dispense avaliação médica. Com uma fita métrica, meça a circunferência da cintura e divida pelo do quadril. Um resultado menor que 0,9 para homens ou 0,8 para mulheres indica boa composição corporal.

Fonte: Revista Saúde

nutrymax

Muitas pessoas começam uma nova atividade física ou se inscrevem em uma academia no auge da animação, mas depois não conseguem manter o ritmo e acabam desanimando. Se essa é a história da sua vida, veja abaixo algumas dicas para a empolgação inicial se fortalecer e virar uma rotina consistente de exercícios:

1. Faça com que os exercícios sejam um fato na sua vida: assim como temos horários marcados para quase tudo hoje em dia, encare as atividades físicas como um compromisso que tem hora certa para começar e para acabar. Se deixar o momento dos exercícios como um horário “em aberto” na sua agenda, que todo dia pode ser cancelado ou remanejado, será bem mais difícil levar a sério.

2. Personalize: não adianta nada você querer ter a mesma rotina de exercícios de outra pessoa e não ter a mesma resistência, tempo livre ou gostos que ela. Para a sua rotina dar certo, é preciso que ela esteja dentro da sua realidade, das suas possibilidades e seja prazerosa, se não a chance de desistir no meio do caminho é grande. Aconselhe-se com profissionais e escolha a frequência e atividades que estejam mais próximas das suas metas, que respeitem a sua saúde e também que aumentem o seu bem-estar.

3. Reserve um espaço para as atividades físicas: se a ideia é praticar atividades em casa, separe um local específico para isso, que pode ser o canto da sala, uma parte do quarto ou até o quintal. O ideal é que não seja muito difícil de acessá-lo (para não ser motivo de preguiça ou desânimo) e que você possa deixar tudo o que precisa à mão, como uma cesta com pesinhos e acessórios, DVDs com aulas, toalha limpa, etc.

4. Arranje companhia: sair para caminhar, correr ou mesmo ir à academia com uma pessoa que você tenha afinidade torna tanto a atividade mais gostosa como cria um compromisso que é mais difícil de ser abandonado. Até o seu cachorro pode ser um ótimo incentivo para se exercitar, como já falamos aqui.

5. Respeite os seus limites, mas não estacione: começar devagar não quer dizer que você deva continuar assim indefinidamente. Respeite seus limites, mas não faça “corpo mole”, pois o maior prejudicado será você mesmo.

 

Fonte: Receita de Vida

← Voltar ao início